Mensagens Virtuais Dia do AMIGOEu amo meus AmigosAmigos para sempre
Mensagem Favorita

Nessas singelas e humildes linhas

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Reflexão
Cantinho:
Views: 5642
Envios: 6

Nestas singelas e humildes linhas
 Raquel Teixeira de Freitas


 


Quando quero me desligar do mundo,


Minha melhor maneira é escrever.


Não como os poetas, jornalistas, ou radialistas de TV.


Mas como alguém que procura dizer tudo o que sente...


Ou mesmo qualquer coisa que lhe vier à mente.


Não tenho pretensão em ser reconhecida mundo a fora.


Escrevo porque é minha maneira de estar sozinha..


Fazendo uma ponte à Alberto Caeiro, pseudônimo de Fernando Pessoa,


Em sua obra “O Guardador de Rebanhos”.


Minha vida não é uma das melhores...


Mas nela é que passei momentos agradáveis,


Outros nem tanto, diria.


A natureza? Não a vejo tão ilustre quanto Alberto...


Mas consigo tirar dela algumas fontes de inspiração.


Não direi que este foi o melhor poema que escrevi...


De certo, não é, pois gostaria de rimar...


No início, bem tentei... mas nada consegui.


E quem disse que um poema para ser bom,


Precisaria, de certo, rimar?


Não sou profissional, faço por paixão à escrita.


Aos poemas, às poesias, e até à minha língua!


Não espero que o gostem, nem que ao menos o admirem.


Não há por que se preocupar..


É só um bobo poeminha...


Que me deu vontade de escrever...


Nestas singelas e humildes linhas...


Então para deixar uma marca...


Vou dizer algo que gostaria...


Ao escrever este poema.


Meu mundo se tornou outro..


Não a de uma garota que não sabia o que escrever...


Mas a de uma mulher que soube se expressar...


Em tão singelas e humildes linhas...


Um pensamento simplório:


“Não saber o que passar no papel!”...


Quando a inspiração chega, e não diz de onde...


Nem de onde veio, nem para onde irá!


Se não rimei, nada com nada... paciência..


O importante sempre é tentar!


Se apareceu ou não conteúdo...


Nestas singelas e humildes linhas...


O que importa, meu leitor? O que importa?


O mundo tem vários escritores escondidos...


Quem sabe eu seja apenas mais uma...


Que tentou, fez... e “aconteceu” neste mundo!?


Eu tentei, tente você também!


Não será fácil, mas libertador!


Jogue as idéias no papel,


Faça delas sua companhia!


Tente, escreva, apague se precisar...


Só nunca deixe de tentar!


Se expressar, mesmo com um palavrão...


Um aceno, um abraço, um aperto de mão.


Um beijo, um sorriso, uma lágrima que escorrer...


São coisas simples que poderá proscrever...


Nessas singelas e humildes linhas...


Que você terminou por ler!


imagem
Imprimir
Publicação:2007-07-11
Nota:6,68/10, com 358 votos.
  • Enviar
  • Editar
Enviar por ORKUT
Remetente
Destinatário
Agenda
Recado Pessoal
Enviar em: / /
Alianças
Carregando...