Mensagens Virtuais Dia do AMIGOEu amo meus AmigosAmigos para sempre
Mensagem Favorita

Coração ferido

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Reflexão
Views: 4250
Envios: 7

Coração ferido

Tonico Nascimento
De repente me vem à mente momentos doces e amargos, me lembro de velhas amizades, que nem sei por onde andam, de antigos amigos, amigas e amigas. Às vezes eles vêm numa antiga canção, num perfume que passa com alguém, numa frase solta no ar, não importa, o que importa é que por mais que o tempo passe, as recordações brotam dos acasos da vida, mas ou menos como se fosse uma masturbação, onde na intenção de situações vividas, encontrássemos o prazer.


Com certeza as relações têm seus momentos de alegria, tristeza e aquele desgaste natural, acabando por marcar nossos corações, deixando-os com cicatrizes, essas cicatrizes são exclusivas e infinitas, sendo uma única para cada situação.


Assim sendo, mesmo havendo renovação, não há perda de exclusividade de uma situação para outra. Podendo até nos lembrarmos de uma, com mais freqüência do que de outras, mas com certeza, em algum momento, essas que pareciam esquecidas, aparecerão abruptamente em nossa mente, fazendo-nos até ter dúvidas de como e por quê, elas apareceram.


Por coincidência, interrompi o texto para deliciar um cigarrinho na janela, pois sou o único fumante em casa, e não me venha com conselhos! Ao olhar para o alto, eu moro de frente para o bairro de Santa Tereza, vejo uma antiga residência, com um vasto terreno cheio de entulhos, telhas, madeiras e outras tralhas que à distância não consigo identificar, visto isso, imediatamente sou remetido aos meus tempos de criança, lá na Serra da Formiga, onde a nossa família tinha um pequeno sítio, com alguns alqueires.Era normal termos tudo isso no quintal, no aguardo de uma melhoria financeira para reparos ou ampliações que se fizessem necessários, e um pouco mais à direita, existia uma moenda, construída com a anuência da TIA CECÍLIA, a matriarca da família, infelizmente recém falecida, na flor dos seus noventa e três anos. Bom, mas não falemos em tristezas. Voltando as cicatrizes do coração, vi novamente meus tios e primos mais velhos, meu pai não, pois o velho não era muito hábil com esses engenhos, uns cortando cana e limpando-as com um facão afiado, enquanto outros giravam com esforço a moenda, esbagaçando a cana com a garapa escorrendo para um reluzente canecão, para dentro em breve ser servida aos presentes. Minha mãe, minhas tias, inclusive TIA CECÍLIA, e as primas já haviam preparado os bolos de milho e outros que eu apreciava menos, e a ansiedade era atendida com rapidez, pois a criançada tinha preferência, e nós estávamos lá, eu, meus irmãos e meus primos!




Vocês não sabem da maior, quando eu comecei o texto, a proposta era inteiramente diferente, porém aquele cigarrinho mudou tudo. Desculpem-me a falha!



Mas de qualquer forma, espero que a situação acima vivida, sirva de exemplo para mostrar que como eu disse anteriormente, as cicatrizes aparecem de forma abrupta.


FALHA DESTE CORAÇÃO CHEIO DE CICATRIZES, CICATRIZES ESSAS DE MOMENTOS BEM VIVIDOS!


imagem
Imprimir
Publicação:2006-12-30
Nota:6,51/10, com 410 votos.
  • Enviar
  • Editar
Enviar por ORKUT
Remetente
Destinatário
Agenda
Recado Pessoal
Enviar em: / /
Alianças
Carregando...